Parque Nacional Los Glaciares: Perito Moreno - Tudo é uma viagem

Post Top Ad

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Parque Nacional Los Glaciares: Perito Moreno

Fizemos o passeio ao Perito Moreno sozinhos com o carro que alugamos, o Parque fica afastado do centro de Calafate 20 quilômetros.
Saímos cedo e chegamos lá não eram nem 9 horas, o dia estava amanhecendo com cores lindas.
Na entrada do Parque pagamos 500 pesos por pessoa e carimbamos o nossos passaportes.

 

Seguimos por mais alguns quilômetros de carro por dentro do Parque até chegar ao começo das passarelas. A estrada dentro do parque é toda asfaltada, pista simples sem acostamento e com paisagens exuberantes.





O passeio pelas passarelas é totalmente sinalizado, identificando por cores os trajetos diferentes. Não há como se perder!! Tu não podes sair das passarelas, então..  é impossível se perder, ok!
Além da sinalização das trilhas o parque possui placas explicativas sobre o glaciar. E infelizmente já se constata a diminuição e derretimento dele.
Vale avisar que a passarela consiste em escadaria... sim... muitos e muitos degraus pra subir e descer. Mas existe um pequeno trajeto de 600 metros para cadeirantes, um elevador para descer do estacionamento até o começo da trilha. E sim, dá pra ver o Perito Moreno tranquilamente!




 A grandeza do Glaciar impressiona e realmente achar que em 1 hora dá pra ver tudo é bobagem. Ele pede mais que um olhar, pede contemplação! Conforme o sol foi aparecendo ele foi mudando a cor, chegando num tom azul fascinante!



Pelo Circuito Inferior se consegue chegar mais perto do Perito Moreno, uma visão mais próxima de todo aquele gelo milenar. Já é impressionante todo aquele gelo, e imaginar que abaixo da água é ainda maior...
Mas o trajeto Paseo Central foi o que achei mais interessante, dá uma visão mais ampla do glaciar. Aliás, perder a vista na sua imensidão.



Tivemos a sorte de ver e ouvir os rompimentos, parece barulho de trovões. Muito alto! Mas ouvir aquele barulhão, olhar pra trás e ver aquele desprendimento do gelo caindo e espalhando muita água, foi realmente extraordinário! Ali onde meu dedo está apontando na foto abaixo.
Comecei a viagem com pé direito!



E durante a caminhada na passarela pude avistar um exemplar único, ainda não descoberto pela ciência.



Não fizemos navegação e nem o trekking no Glaciar, deixei pra fazer o Vinciguerra em Ushuaia.
Algumas agências fazem o trekking e te deixam por 1 hora na pasarela.
Mas se estiver de carro, vá cedo e aproveite ainda mais. Afinal, a entrada é paga por dia.

Eu li que haviam lanchonetes lá pelas passarelas, sinceramente não vi. Estava tão deslumbrada com o Perito que não reparei nada. Nós levamos nosso lanche.

Dentro do Parque tem restaurante (com wi-fi!) e uma outra trilha nos leva até o Canal de los Témpanos. A água é absurdamente gelada, coloquei o dedo e mal consegui contar até 5.


 


Período da viagem: 03 à 07 de agosto 2017
Moeda utilizada: peso argentino

Acompanhe nosso Instagram clicando aqui.

Deisy Régis Zimmermann 

   

Lembre de sempre levar uma sacola para trazer seu lixo de volta e descartá-lo em local adequado.