Glaciar Martial - Tudo é uma viagem

Post Top Ad

sábado, 4 de novembro de 2017

Glaciar Martial

O Glaciar Martial fica dentro da cidade, bem próximo do centro e mais ainda do AirBnb que pegamos.
Esse é a vista que tínhamos dele da nossa janela.


Começamos a trilha para subir o cerro eram 11h da manhã. Só gelo na trilha, olha na foto.
Aliás, fomos de teimosia, sem chance de sucesso, mas na birra de não pegar um remis, achando que era pouca coisa... que nada...



Mas é difícil relatar sem dar uma opinião pessoal né? Então foi um passeio que eu não curti muito.
Vou explicar o motivo para que vocês me entendam.
A dona do apto disse que era pertinho e em 1h nós subíamos o cerro. Não é bem assim, a trilha até é curta e fácil, mas não no inverno e sem grampos. A estrada sinuosa e bem cansativo para seguir por ela a pé. Houve trechos em que não conseguimos seguir pela trilha, havia muito gelo e perigo de queda sem os grampos para colocar nos calçados.


Demoramos muito pra chegar lá e... não tem nada?!?!
- Um pistinha sem vergonha de esqui, com neve derretida;
- teleférico desativado;
- casa de chá
- loja de coisinhas

 

Frustrante para o esforço que tivemos que fazer pra chegar até lá.

Bom, mas lá você também pode carimbar seu passaporte e ainda ganha um botton do fim do mundo.



O lance é que a partir desse ponto tem mais trilha e que, daí sim, eu acho que deve valer a pena!
Mas pelo horário que chegamos lá não era mais permitido subir, lembrando que era inverno e o sol vai mais cedo embora.
Além do mais, era impossível seguir sem os grampões. Era só neve e gelo... não tinha uma matinho pra correr pro lado e fugir.. teve um pessoal se arriscando mas não conseguiram nada além de uns tombinhos no gelo duro.



A dica que fica é: suba de remis no inverno ou coloque os grampos pra subir e principalmente vá cedo.
Acompanhe nosso Instagram clicando aqui.

Qualquer dúvida deixa aí nos comentários que a gente responde.

Lembre-se de sempre levar uma sacola para trazer seu lixo de volta e descartá-lo em local adequado.