Tchê Parque Aquático - Tudo é uma viagem

Post Top Ad

segunda-feira, 12 de março de 2018

Tchê Parque Aquático

Li sobre esse lugar num dos grupos de campistas do qual participo e fiquei realmente com vontade de conhecer, afinal, parecia bem legal e com um preço ótimo. Então na volta da nossa viagem de férias resolvemos dar aquela paradinha pra descansar das férias, afinal férias também cansa!




O parque possui área de camping, então aproveitamos para montar a nossa mansão e ficar por ali durante 3 dias. Chegamos no parque pela manhã de domingo e estava LO -TA-DO!!
A guria da entrada nos aconselhou deixar pra montar a barraca mais pro final de tarde, quando as pessoas que foram passar o final de semana ali desmontariam a barraca. Durante a semana é mais vazio. 



Esperamos o povo sair e conseguimos colocar a barraca embaixo da única área com cobertura.
O que nos salvou e muito no penúltimo dia, que armou uma tempestade daquelas!
Vento muito forte, a barraca parecia que ia sair voando, os meninos assustados e com medo.
Dai expliquei que a barraca não ia sair voando pois está cheio de coisa dentro que pesa, e lá vem uma daquelas pérolas: "mas o papai que é mais pesado está lá fora amarrando a barraca!"



De fato, o preço é excelente e o lugar muito, muito bom!
Sobre a estrutura o parque possui umas 5 piscinas em área aberta e na área coberta 1 funda e 2 rasas. Na área externa a piscina mais funda tem 2 toboáguas coloridos e gigantes, só para os mais corajosos como meu filho de 6 anos.



Depois tem outra piscina com 3 brinquedos: uma rampa, um azul em curva e um branco que desce reto. Fui nos três, mas o branco demorou um pouco né...A piscina infantil é uma graça, tem muitos brinquedinhos: casinha, escorrega, ponte.

Tem duas tirolesas: uma que cai na lama e outra que cai no lago. Possui ainda uma ponte que vai afundando conforme o peso.




Com a tirolesa fiquei traumatizada. Henrique tentou imitar os adultos e não largou a mão pra cair no lago, tentou ir até a outra margem.  No fim do percurso tem um freio e dá um solavanco, suas mãos nao tiveram força pra segurar o peso do corpo e.... Jesus!! Só vi aquele gurizinho girando no ar e caindo de costas no barranco... ô desespero!! Tirando o susto, tudo certo e mais uma pra contar.


Os banheiros estavam relativamente limpos pra quantidade de gente que tinha no domingo, sério... tinha uns 6 ônibus de turismo!! Os chuveiros com portas, ufa!

Tem uma área grande coberta com 2 churrasqueiras, pia, mesas e banheiros. Uma outra menor com churrasqueira, mesa e pia. E várias churrasqueiras espalhadas pela área do parque onde muitos costumam apenas passar o dia. É permitido levar comida e bebida. Mas também possui uma lanchonete grande e servem buffet no almoço.




Foi tranquilo ficar ali, só acho que falta iluminação noturna. Caramba, ficava um breu danado quando escurecia...Todos os dias o lixo é recolhido por todo o parque, os banheiros são limpos e a equipe é realmente bem gente boa e educada!

No último dia, na última hora me desafiei a ir no toboágua colorido, não no mais alto, óbvio! Depois de uma meia hora lá em cima com o pessoal tentando me convencer (em vão), resolvi descer. Um ato de coragem pra mostrar pro meu filho (que também tem medo de altura) que é preciso vencer o medo, superar as dificuldades quando a gente realmente quer alguma coisa. E eu queria muito descer lá de cima. E ele tava ali do meu lado na maior torcida: não vai mamãe, não vai! kkkkkkk

É uma lugar que eu recomendo de olhos fechados. Local seguro, ambiente agradável, familiar e divertido.
Valores:
Parque aquático:
adultos: 20,00
crianças de 4 à 12 anos: 15,00
Camping acréscimo de 10,00 por pessoa e por noite.

Se ainda tiver dúvida ou informações deixa um comentário pra gente!

Para mais informações acesse o site do Tchê Parque

Viagem realizada em janeiro de 2018.